Histórico para March, 2011


Warning: Creating default object from empty value in /homepages/21/d325976276/htdocs/favela/wp-includes/comment-template.php on line 866

Salvo pelo Teatro

Hudson Neves

Hudson Batista mora na comunidade da Vila Vintém desde que nasceu, há 18 anos, em uma família humilde e batalhadora. Seu espelho é avó Edna, uma baiana que chegou ao Rio de Janeiro ainda adolescente, junto com os pais e seus muitos irmãos mais novos. Uma chacina ocorrida em 1982 deixou marcas profundas na família que ela constituiu com seu Antônio, com quem teve três filhos. “Ele morreu deprimido”, lamenta o neto.

O teatro, que ele descobriu na escola aos oito anos, ajudou-o a lidar com a inseparável timidez. “Fiz o papel de uma pasta de dente”, conta ele, que se Continua >

Paixão pelo Jornalismo

Amanda dos Santos

Um retrato de Amanda Souza por Hudson Neves, ambos participantes do curso de Jornalismo da ComCat e novos autores do favela.info.

Estudante de jornalismo da Facha, Amanda de Souza Lima mora em Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. A faculdade, uma das mais conceituadas do Rio de Janeiro no campo da comunicação social, tornou-se uma espécie de unguento na vida dessa jovem dedicada aos amigos, ao namorado e à família. “Entrei lá depois da morte do meu pai, que sofreu um infarto no ano em que iria completar as bodas de prata com a minha mãe”, conta ela, que Continua >

A jornalista que gosta de antiguidades

Aline Monteiro

Um retrato de Aline Monteiro, por Andressa Luna, ambas participantes do curso de Jornalismo da ComCat e novas autoras do favela.info.

Moradora da Vila das Canoas, em São Conrado, Aline Monteiro, de 22 anos, está no terceiro ano de jornalismo. Tem uma grande identificação com a comunidade da Rocinha, que passou a conhecer melhor quando trabalhou na comunicação do PAC. Foi lá também que conheceu Leandro, seu namorado. “Ele é meu maior refúgio”, diz ela.

Aline Monteiro sonha em morar no Catete, sozinha, com um cão da raça Labrador. “Gosto do Catete por achar um bairro tranquilo e perto de tudo”, diz Continua >

Mãe, eu conheci o Txutxucão

O Txutxucão

Quem fez parte da Geração Xuxa pode levantar a mão sem medo. A simpática e sempre loira gaúcha global faz parte da vida e das lembranças de milhares de jovens em todo o território nacional. Porém, Filipi Carvalho, jovem jornalista e morador de Austin, foi além. “Eu era o Txutxucão”, revela encabulado diante de meus arregalados olhos.

Filipi, hoje com 22 anos, interpretava o cachorro da rainha dos baixinhos em suas aventuras pelo PROJAC, quando tinha 17. “Era muito divertido e mais ainda cansativo e quente”, revela sorrindo. O jovem, na época, trabalhava como figurante em várias novelas globais. Convidado para Continua >

Matar e Morrer

Woaiza Kelly

Um retrato de Woaiza Kelly, por Everton Galvão e Dandara dos Santos, três participantes do curso de Jornalismo da ComCat e novos autores do favela.info.

Woaiza Kelly de Santana Figueiredo nasceu em 28 de maio de 1989 com três quilos e alguns gramas. Cresceu na Vila São Pedro (menor comunidade do complexo de Manguinhos, local onde vive até hoje) “presa” dentro de casa com o irmão menor, pois a mãe e o pai trabalhavam fora. Passou a maior parte de sua infância em atividades extracurriculares nas escolas por onde passou (das quais se lembra com grande carinho): Escola Dilermando Cruz e Escola Continua >