Últimas Notícias

BoreArt Lança Terceira Exposição de Arte Moderna no Borel

Click Here for English

Pela terceira vez desde seu início em 2012, o BoreArt, grupo de jovens moradores da favela Borel na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro, lançou uma exposição de arte moderna em sua comunidade. A 3a Exposição de Arte Moderna do Borel abriu em 6 de dezembro e é a segunda parceria com o Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio. A exposição fica aberta até fevereiro e mostra trabalhos de artistas famosos como Gabriela Gusmão e Afonso Tostes e Cabelo, que foram selecionados pelo curador do MAM, Luiz Camillo Osorio.

Quatro moradores da comunidade estão exibindo obras de arte nas paredes de suas casas e abrindo suas portas todo sábado para qualquer um que queira aproveitar a exposição.

A moradora Luciane Brito Galdino colabora com o BoreArt desde o início do projeto. Agora, duas fotos da artista Gusmão estão penduradas nas paredes da sua sala. Luciane é responsável por abrigar a arte e apresentá-la aos visitantes.

“O que ela [Gusmão] falou, eu vou escrever, vou decorar, e quando as pessoas vem, aí eu vou saber explicar o significado da obra”, disse ela.

Luciane disse que quando foi recrutada pelo BoreArte, ela estava animada de que o projeto traria algo positivo para a comunidade, que têm sofrido com tanta violência e opressão. Seu filho, que mora em uma casa ao lado da sua, também faz parte da exposição.

“Estou ensinando ao meu filho também a ter esse visão, é muito bom”, disse ela.

Gusmão, que compareceu ao lançamento, explicou que suas fotografias são parte de uma exposição chamada “Metaformoses”, apresentada recentemente em Berlim. Borel é a primeira localidade no Brasil em que ela mostra o novo trabalho.

É a primeira vez que Gusmão colabora com o BoreArt, e segundo ela, participar em um projeto do tipo é algo significativo.

“Esse projeto tem algo muito especial, porque a arte não está confinada a insituições como museus ou galerias”, disse ela. “Estamos trazendo arte para os espaços não convencionais, que são as casas das pessoas aqui no Morro do Borel. Por outro lado, o que temos é arte chegando ao local eterno da arte, que é a vida”.

O lançamento do projeto também trouxe grafiteiros que decoraram a Rua Nossa Senhora de Fatima, rua da escadaria prestes a ser renovada. O grafiteiro BLOPA começou a colaborar recentemente com o BoreArt. Ele dá oficinas e trabalha com a juventude do Borel interessada em arte e design. O grafite, diz ele, salvou sua vida, e ele espera que através desse projeto sua arte possa ter uma influência tão boa nas pessoas da comunidade.

“Porque o grafite demorou a chegar até mim, eu me sinto muito realizado quando consigo passar isso para as crianças”, disse ele. “As pessoas aqui no Rio de Janeiro muitas vezes recorrem ao crime, as vezes não porque querem, mas por necessidade e o grafite é um outro caminho”.

O evento também lançou o projeto da reforma da Escadaria do Borel, que vai transformar a popular escadaria local em arte urbana. Membros do BoreArt pretendem decorar a escada no estilo da famosa Escadaria Selarón. Isabela Santos, do BoreArt, disse que a escadaria é um trabalho em andamento. O grupo vai continuar aceitando doações de azulejos e vão colocá-los até que todos os degraus estejam completamente cobertos.

Para mais informações e doar azulejos, contatar Isabela Santos no número 21-98711-8006, email galeria.boreart@gmail.com, ou contatar o grupo via Facebook. Azulejos também podem ser mandados para o seguinte endereço:

BoreArt a/c Agência de Redes para Juventude | Rua Teotônio Regadas, 26 – sala 603 | Santa Teresa, RJ | CEP 20021-360 | Rio de Janeiro, RJ | Brazil