Últimas Notícias

Outra Vitória para Rio das Pedras: Light É Obrigada a Remover Medidores Problemáticos

Click Here for English

Em uma grande vitória para os moradores de Rio das Pedras, a Light foi ordenada a remover seu mais recente modelo de medidor elétrico espalhado pela cidade. Com moradores reportando contas de energia extremamente altas nos últimos meses, essa decisão vem como uma grande vitória para a recém-formada Comissão de Moradores de Rio das Pedras, a qual, em apenas três meses, mobilizou-se de forma bem-sucedida para pressionar vereadores a agirem.

Na terça-feira, dia 3 de abril, vereadores do município aprovaram uma lei que força o provedor não apenas a interromper quaisquer novas instalações de novos medidores, mas também substituir todos os novos medidores instalados, para medir o consumo de eletricidade, pela cidade. Para cada dia que a companhia não cumprir com as determinações, haverá uma multa de R$30.000. O processo para aprovação desse projeto foi longo e complicado, tendo começado no início de 2017, tendo se deparado com um veto por parte do Prefeito Marcelo Crivella no ano passado. Só após a Comissão de Rio das Pedras começar a se organizar, mobilizar e protestar com vigor, que os vereadores foram capazes de pressionar, por meio da legislação, com votos o suficiente para sobrepor o posicionamento do prefeito.

Rio das Pedras foi oficialmente incorporada na rede elétrica municipal entre 2014 e 2015. Desde então, as contas de energia têm aumentado dramaticamente e as promessas feitas pela Light de manter uma taxa fixa para a comunidade foram rompidas. Tudo isso culminou na ação da Comissão que entrou em ação no início de 2018, quando as contas estavam chegando a mais de R$1.000 por mês para algumas moradias, forçando alguns moradores a viver no escuro e até a se mudar da comunidade.

Membro da Comissão, Andrea Ferreira, explicou o processo de mobilização do grupo: “Nós percebemos que tudo começou a partir do momento da troca do chip [de medição elétrica]. Isso aconteceu recentemente em Rio das Pedras. Aí a gente começou a entender porque isso aconteceu depois do chip, procuramos na Internet, começamos estudar exatamente o que esse chip tem de diferente do outro. Durante essas pesquisas nós vimos que não era só em Rio das Pedras. Várias comunidades carentes têm sofrido pelo mesmo motivo. A partir daí, nessa pesquisa a gente descobriu que lá em Nova Iguaçu, já existe uma lei que proíbe esse chip. Esse chip foi um problema em várias lugares por onde eles passaram. Nós descobrimos também que existiu um projeto do vereador Willian Coelho para fazer a mesma coisa que fizeram lá em Nova Iguaçu, proibir esse chip na cidade do Rio de Janeiro”.

Depois de pesquisar, a Comisão se mobilizou. O grupo organizou diversos protestos até que seus membros estivessem organizados para se encontrarem com os próprios executivos da Light. Moradores também acompanharam o processo acerca da nova lei e se certificaram de que suas vozes fossem ouvidas pelos vereadores da Câmara Municipal. A lei, que estivera estagnada por mais de um ano, eventualmente foi aprovada depois de diversos dias de audiências. A Comissão teve um claro impacto em pressionar vereadores para que agissem, fazendo dessa a segunda grande vitória política do grupo desde sua formação. No fim de 2017, a Comissão também foi bem-sucedida em adiar o plano do prefeito Crivella de remover uma grande parte da vizinhança e substituí-la com complexos de altos edifícios. Os moradores de Rio das Pedras estão atualmente esperando uma nova proposta da Câmara para a urbanização da comunidade e têm estado em alerta, monitorando ameaças a todos os moradores, seja na forma de contas de luz exorbitantes ou na redução crônica de professores de escolas públicas.

Como refletiu Andrea: “Entra as questões de limpeza social, remoção branca. Têm muitas pessoas que saíram daqui porque não estão conseguindo pagar a conta de luz, têm muitas pessoas que foram para lugares menores, têm pessoas que estão no escuro. As pessoas estão passando muitas dificuldades, estão parcelando dívidas para não faltar energia. Vamos continuar nessa luta até que de fato haja mudanças. Assim como mudamos a situação com Crivella, estamos aqui para mudar essa situação. Não sou eu, mas toda a Comissão, e todos os moradores de Rio das Pedras. Nós vamos continuar na luta. Nós vamos continuar mobilizados”.

Hora de Celebrar: RioOnWatch Completa 8 Anos!

Confira a nossa página especial de comemoração de aniversário, repleta de informações e dados sobre o RioOnWatch e seu impacto até hoje.

E obrigada por acompanhar nossos conteúdos e apoiar nosso trabalho ao longo desta jornada!