Com a proposta de fomentar um debate contra o racismo de dentro para fora, com foco nas vozes das favelas do Rio, tendo como meio o jornalismo comunitário para provocar o diálogo urgente que precisamos, o RioOnWatch lançou o projeto: “Enraizando o Antirracismo nas Favelas: Desconstruindo Narrativas Sociais sobre Racismo no Rio de Janeiro”.

 

O objetivo é debater racismo e raça de modo a fornecer uma visão detalhada, multidimensional e interseccional para desvelar como o racismo estrutural funciona no Rio de Janeiro, do pessoal ao sistêmico e analítico, para poder transformar o cotidiano do racismo estrutural, pois o que não é nomeado, não pode ser reconhecido para ser combatido. O racismo no Brasil habita nas estruturas da sociedade, incluindo o silêncio e o eufemismo das notícias sobre desigualdade social.

 

Durante todo o ano de 2021 serão publicados, semanalmente no RioOnWatch, matérias, ilustrações, vídeos e podcasts majoritariamente realizados por comunicadores negros moradores de favelas no Rio de Janeiro. A ação antirrracista visa três eixos: memória, atualidade e futuro — o que remete ao conceito africano Sankofa: San (voltar, retornar), Ko (ir), Fa (olhar, buscar, pegar).

Conheça os Artistas