Últimas Notícias

Favela Indiana Realiza o 2º Fórum Anual na Luta Contra a Remoção: União é Fundamental

Click Here for English

No dia 12 de abril, a Comissão de Moradores e a Associação de Moradores da Comunidade Indiana uniram-se para realizar o Segundo Fórum Anual, no auditório da Fundação São Joaquim, localizado na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro. Mais de 35 pessoas estavam presentes na reunião, incluindo moradores e líderes da comunidade, moradores de favelas vizinhas, ativistas e representantes de organizações sociais, como a Federação das Favelas do Rio de Janeiro (FAFERJ), e de instituições públicas, como o Instituto de Terras e Cartografia do Estado do Rio de Janeiro (ITERJ).

O objetivo do Fórum era duplo. Primeiro, informar aos presentes sobre as forças contínuas de gentrificação, remoção e desapropriação que estão ocorrendo na Indiana e em outras favelas do Rio e celebrar as vitórias da comunidade. E, em segundo lugar, a Comissão de Moradores e a Associação de Moradores tentaram reunir moradores, apoiadores, comunidades vizinhas e organizações parceiras em um movimento unificado pela melhoria das condições de vida e pelo direito de permanecer na Indiana.

Ao longo da tarde, diversos palestrantes foram convidados ao palco para partilhar suas ideias, preocupações e observações. Várias pessoas mencionaram Indiana como uma comunidade dinâmica e necessária no Rio de Janeiro. Outros falaram de maneira mais geral sobre os impactos da gentrificação e condenaram as táticas de remoção exercidas em Indiana e em outras comunidades. Outros ainda tiraram lições do recente assassinato da vereadora Marielle Franco e incentivaram a resistência e resiliência dentro de um coletivo de comunidades mais amplo na cidade. Outras pessoas também falaram ou mencionaram a importância da solidariedade–dentro da Indiana e entre as comunidades e parceiros engajados–como elemento essencial na luta contra as remoções.

Um dos palestrantes resumiu bem a importância da solidariedade entre as comunidades:

“A união é como um palito de fósforo, se cair é fácil de pegar um único palito, mas é muito mais difícil pegar todos os palitos de fósforo quando caem de uma caixa cheia. Minha mãe sempre me ensinou isso, se você tentar dobrar dez a quinze palitos de fósforos, você não conseguirá, e talvez é isso que a gente quer: uniãoEu vi pessoas que não se conheciam, unindo-se uns aos outros para se tornarem mais fortes [na luta contra a remoção]. Hoje eu acredito que dias melhores virão para a comunidade. Juntos somos mais fortes!”

Em uma entrevista ao RioOnWatch após o Fórum, Inês Ferreira de Abreu Deodoro, membro da Comissão de Moradores, expressou um sentimento parecido:

“A ideia do Fórum é ampliar as informações e mostrar as dificuldades. As dificuldades e as glórias da comunidade, como nós falamos neste Fórum. Nós tivemos falas difíceis: a ausência do poder público e o fantasma da remoção batendo novamente na porta de Indiana; e falas boas: a participação dos moradores e de parlamentares, aqui, juntando forças com a favela. Agora uma novidade: os comerciantes também estão unindo forças para falar a mesma linguagem.”

O próximo Fórum Indiana Tijuca está previsto para acontecer em 2019. Inês espera que representantes da Prefeitura e do Estado e vários outros moradores compareçam ao evento no ano que vem. Enquanto isso, a Comissão de Moradores e a Associação de Moradores da Comunidade Indiana esperam que o Fórum promova diálogos aprofundados sobre o que está acontecendo em Indiana e incentive o envolvimento de mais moradores na luta contra as remoções.

Hora de Celebrar: RioOnWatch Completa 8 Anos!

Confira a nossa página especial de comemoração de aniversário, repleta de informações e dados sobre o RioOnWatch e seu impacto até hoje.

E obrigada por acompanhar nossos conteúdos e apoiar nosso trabalho ao longo desta jornada!