Últimas Notícias

1o Fórum Sim à Igualdade Racial Reúne Empresas para Debater Igualdade Racial

Click Here for English

O Primeiro Fórum Sim à Igualdade Racial foi sediado no Museu do Amanhã, no dia 26 de outubro. O evento busca discutir a igualdade racial em empresas e a inclusão da população negra no mercado de trabalho e na educação.

O Fórum foi organizado pelo Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), uma organização sem fins lucrativos, comprometida com a promoção de direitos humanos e focada na igualdade racial.

Na abertura do evento, a candidatura do Cais do Valongo a Patrimônio da Humanidade foi apresentada pelo antropólogo Milton Guran. Considerado um dos principais portos de entrada do tráfico negreiro, onde desembarcaram um milhão de escravos africanos na cidade do Rio de Janeiro. O Cais do Valongo foi alçado a Patrimônio Cultural da cidade em 20 de novembro de 2013 pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH) e teve sua candidatura aceita pela Unesco. A decisão da Unesco deverá sair em junho de 2017.

No Brasil mais de metade da população é negra, porém a desigualdade racial entre brancos e negros é alarmante.

Luana Genót, fundadora do Instituto Identidades do Brasil apresentou o selo Sim à Igualdade Racial e afirmou que “debater igualdade racial com as empresas é urgente”.

forum-2

Empresas como White Martins, Schneider Eletric, Great Place to Work, Coca-Cola, Google, Rede Globo, Instituto Ethos, Locomotiva Instituto de Pesquisa e Rio+ B, explicaram seus posicionamentos em relação a temática racial.

O evento contou com três mesas de debate sobre o tema. Na primeira mesa “Igualdade racial na gestão e cultura organizacional das empresas” participaram representantes da White Martins e Schneider Electric. Segundo Carolina Werneck, gerente de comunicação da White Martins, “a estratégia para a valorização da diversidade na White Martins contribui diretamente para a forte competitividade da empresa no mercado. Nos proporciona inovação e alta produtividade, o que é fundamental para gerar excelência em nossa gestão, qualidade em nossos produtos e serviços e uma relação com nossos clientes pautada na confiabilidade”.

forum-3

Na segunda mesa “Boas práticas: cases de sucesso e próximos desafios na promoção da igualdade racial”, estavam presentes representantes da Coca-Cola e Google. Christiane Pinto do Google, apresentou o programa AfroGooglers, que promove capacitação de jovens negros para trabalharem na empresa.

A última mesa “Da teoria à pratica do Sim à Igualdade Racial: plano de ação e medidores de impacto”, estavam presentes o Instituto Ethos, Locomotiva Instituto de Pesquisa e Sistema B. Renato Meirelles do Locomotiva apresentou dados de pesquisa como a representatividade de 0,6% de mulheres negras nas grandes empresas, por exemplo.

Para Gabriela Valente do Sistema B, os indicadores para medir ações para a promoção de igualdade racial, só serão efetivos quando a população negra estiver no mesmo espaço para a discussão.

O I Fórum Sim à Igualdade Racial obteve algumas conquistas iniciais como: a ampliação do número de bolsas integrais de curso de inglês para estudantes negros pela Cel Lep; empresas como Serasa, Brownie do Luiz, Karamello Rio e Fundo HIG/Cel Lep que disseram sim à Igualdade Racial; Sistema B se comprometeu em estudar com o ID_BR formas de engajar empresas B com a Igualdade Racial; e o Museu do Amanhã se comprometeu em sediar o evento na próxima edição em 2017.

Thaís Rosa Pinheiro é mestra em Memória Social pela UNIRIO e fundadora da agência de turismo de base comunitária Conectando Territórios.